​Porque fazer a greve

Nossa greve entra no seu 24° dia e parece estar longe de uma solução. Os bancos apostam na nossa desmobilização. O principal argumento utilizado por eles, na mesa de negociação é o percentual de adesão na greve.  O grau de adesão é diretamente proporcional ao índice de reajuste que podemos alcançar, quanto menor a adesão, menor o índice proposto pelos banqueiros.
É esta questão que queremos discutir com você bancário. Não pense que o salário que você recebe hoje é fruto unicamente de nossa dedicação dentro do banco ou de algum reconhecimento vindo de uma diretoria sensível à nossa causa. Todas nossas conquistas são resultados de anos de lutas e greves. Por isso, chegou a hora de se fazer presente, mostrar sua coragem, seu senso de coletivo. Entre nessa luta conosco, pois sua participação é decisiva para nossas conquistas! Lutemos agora como no passado, outros lutaram por nós.  A participação de todos é muito importante, não sejamos oportunistas. Sabemos que muitos colegas furam a greve, por dois motivos. Primeiro porque pensam em  garantir uma futura   promoção, e segundo por que sabem que também receberão o mesmo reajuste e benefícios reivindicados pela greve.  Atitudes oportunistas como essas, só enfraquecem a categoria. 

Diante disso, pedimos que você, caro colega reflita, pois nossa greve chegou num momento crucial. Os banqueiros não avançam em sua proposta, sempre pensando nos índices de adesão. 

Faça a sua parte!!! Nestes próximos dias participe conosco desta luta, pois ela é de todos !

COB:  COLETIVO OPOSIÇAO BANCÁRIA CURITIBA

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.