Negociação continua nesta quarta-feira

Com 22 dias de greve forte, banqueiros voltaram a mesa com proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (2016 e 2017). Comando dos Bancários avisa: tem de trazer ganhos para a categoria

Redação Spbancarios
27/9/2016 (atualizada às 21h19)

São Paulo – A federação dos bancos (Fenaban) voltou à mesa de negociação após 22 dias de greve forte, nessa terça-feira 27, com uma proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (2016 e 2017). O Comando Nacional dos Bancários reafirmou: seja qual for o modelo, tem de contemplar mecanismos de proteção ao emprego, de saúde, valorização dos vales, do auxílio-creche, piso, igualdade de oportunidades, segurança. Os representantes dos bancários cobraram, ainda, que a proposta tem de trazer ganhos para a categoria.

Diante disso, a Fenaban informou que reunirá os bancos na manhã de quarta 28 e a negociação continuará a partir das 15h, quando deve apresentar a proposta de dois anos completa.

“Qualquer que seja o modelo, tem de trazer ganhos para a categoria. Quanto mais direitos garantidos na Convenção Coletiva de Trabalho [CCT], melhor”, afirma a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.

Outras categorias, como os metalúrgicos, já têm acordos de dois anos. Em países da Europa isso também é comum. “Mas só compensa ser feita essa mudança de modelo, se trouxer ganhos para a categoria. O setor que mais lucra no Brasil não pode impor retrocesso aos seus funcionários”, completa a dirigente, que é uma das coordenadoras do Comando.

“Voltaremos a nos reunir nesta quarta-feira e esperamos uma proposta completa dos bancos, que possa ser avaliada pelos bancários. Os trabalhadores estão demonstrando toda sua disposição de negociar e resolver a campanha. Cabe agora à Fenaban apresentar proposta decente, com ganhos para os seus funcionários, ou a paralisação vai continuar em todo o Brasil”, acrescenta.

Comando de greve – Nesta quarta-feira 28, 23º dia de paralisação nacional, o comando de greve volta a se reunir, a partir das 17h, na sede do Sindicato (Rua São Bento, 413). Participe! Na terça-feira 27, 22º dia de greve, foram 34 mil bancários e 914 locais paralisados em São Paulo Osasco e região.

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.