Vamos admitir quem é culpado pelo bloqueio do WhatsApp?

O apresentador de TV Marcelo Tas reagiu indignado ao “juizinho” da cidade de Lagarto, no interior de Sergipe, que decidiu tirar o WhatsApp do ar no país inteiro por 72 horas (decisão obviamente contestada 25 horas depois). O “juizinho” é um juiz como qualquer outro “juizinho” deste país – nem se sabe se é natural de Lagarto ou outro canto.

A decisão do tal “juizinho” foi calcada no Marco Civil da Internet, nos arts. 11, 12, 13 e 15, caput, parágrafo 4º, da Lei do Marco Civil da Internet e é relacionada aos autos do Processo nº 201655000183, que tramita em segredo de Justiça, conforme informa o think tank ILISP.
Matéria Completa – SensoIncomum

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.