BB Tecnologia vai contratar até 590 terceirizados por cinco anos

:: Luís Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz
:: Convergência Digital :: 30/03/2015

Embora tenha firmado um acordo com o Ministério Público do Trabalho para substituir empregados terceirizados por funcionários concursados, a Cobra Tecnologia, subsidiária do Banco do Brasil que agora se chama BB Tecnologia, abre na próxima quarta, 1º/4, um pregão para contratação de até 590 trabalhadores, por cinco anos.

O acordo original é de 2012 e pelo documento a subsidiária do Banco do Brasil se comprometia a “substituir todos os empregados terceirizados” até setembro de 2014 – prazo definido em Acórdão do Tribunal de Contas da União. No ano passado, o TCU concordou com a prorrogação dessa data por um ano, até setembro deste 2015.

Para o sindicato dos trabalhadores em processamento de dados, o pregão para contratação de até 590 terceirizados vai contra o combinado. “No entendimento da Assessoria Jurídica do Sindpd-RJ, a empresa descumpre o Termo de Ajustamento de Conduta que celebrou com o Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro”.

O sindicato admite que a empresa vem reduzindo a terceirização, mas desconfia que a nova contratação interrompe o processo. “Com o edital acima citado, ao que tudo indica, haverá continuidade no ilegal processo de terceirização, em efetivo descumprimento dos termos do TAC”, diz nota do Sindpd-RJ. Daí ter pedido ao MPT que analise se o pregão conflita com o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta.

Pelo edital, a Cobra vai contratar até 218 técnicos administrativos e até 372 técnicos de operações nos 60 meses de vigência do contrato. As remunerações previstas para cada cargo são de R$ 4,1 mil e R$ 4,7 mil, respectivamente. O valor global estimado para todo o período previsto no edital é de R$ 160,9 milhões. A partir de cada solicitação, a empresa contratada terá entre 7 e 22 dois para apresentar os terceirizados.

“A empresa a ser contratada será remunerada pela quantidade de trabalhadores efetivamente solicitados e disponibilizados mensalmente, de acordo com as informações a serem prestadas. A Cobra Tecnologia S.A. poderá, durante a vigência do contrato, solicitar qualquer quantidade de trabalhadores até o atingimento dos limites máximos estabelecidos, bem como, se for o caso, não efetuar qualquer solicitação”, diz o edital.

Anúncios

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.