Caixa Econômica teve lucro de R$ 7,1 bilhões em 2014

Aumento foi de 5,5% em relação ao ano anterior. Resultados foram anunciados pelo presidente do banco, Jorge Hereda.

12/02/2015 11h51 – Atualizado em 12/02/2015 13h22
Por Anay Cury
Do G1, em São Paulo

A Caixa Econômica Federal anunciou na manhã desta quinta-feira (12) ter registrado lucro líquido de R$ 7,1 bilhões em 2014. Frente a 2013, o resultado foi 5,5% superior. No quarto trimestre, o lucro atingiu R$ 1,8 bilhão – valor 5,1% acima do mesmo período do ano anterior.
O balanço da instituição financeira foi divulgado pelo presidente Jorge Hereda, que será substituído pela ex-ministra do Planejamento Miriam Belchior, após quatro anos no cargo.
“Entre junho, julho e agosto, conseguimos ser o terceiro maior banco em ativos. Antes disso, fomos o segundo de crédito no país. Defendemos nossa posição de primeiro player na habitação e poupança. Aumentamos nosso share [participação] na poupança. 2014 foi um ano difícil, mas mesmo assim tivemos os objetivos alcançados”, disse Hereda.
Em 2014, o saldo da carteira de crédito do banco alcançou R$ 605 bilhões, um avanço de 22,4% em 12 meses. Na comparação trimestral, a alta foi menor, de 5%. A Caixa informa que sua participação no mercado de crédito foi de quase 20% no ano.
Em ativos próprios, o saldo cresceu 4,5% em relação ao terceiro trimestre e 24% frente a 2013, ficando em R$ 1,1 trilhão.

“[Lucro] vem basicamente da atividade de crédito e de juros. Mas vem também do crescimento de receitas e serviços”, afirmou Márcio Percival, vice-presidente de finanças e controladoria do banco.

Até o final do ano, as contratações de crédito cresceram 6,8% e atingiram R$ 502,9 bilhões. AS operações relativas a crédito habitacional representaram 25,6% desse total. A carteira de crédito desse segmento alcançou R$ 339,8 bilhões. Segundo o executivo, além do crédito habitacional também puxaram o crescimento as operações comerciais e de infraestrutura.

O índice de inadimplência da Caixa encerrou o ano em 2,56%, indicando um leve recuo em relação ao trimestre anterior. Segundo Jorge Hereda, 80% da carteira de crédito do banco é de baixo risco.

O balanço mostra que no último ano, o banco somou 78,3 milhões de correntistas e poupadores, um avanço de 9,3%. A carteira de pessoas físicas chegou a 76,1 milhões e a de pessoas jurídicas, 2,2 milhões.

Habitação
Em 2014, foram contratos R$ 128,8 bilhões. As contratações com recursos Caixa/SBPE atingiram R$ 79,4 milhões, uma alta de 13,3% frente a 2013. Quanto às operações que utilizam recursos do FGTS somaram R$ 40,9 bilhões. Contratações de outros recursos chegaram a R$ 8,5 bilhões.

Em se tratamento do programa federal Minha Casa, Minha Vida, foram contratados R$ 35,9 bilhões – 389,2 mil unidades habitacionais. Desse total, 35,6% foram para a faixa 1 do programa, que atende quem tem renda de até R$ 1.600.
Poupança
No ano passado, o banco registrou 58,3 milhões de contas poupança, um aumento de 12,2% frente a 2013. O saldo foi de R$ 236,8 bilhões e as captações líquidas atingiram R$ 12,7 bilhões.

“Quero agradecer a todos os funcionários da Caixa, 100 mil, que conseguiram fazer esse resultado, de uma maneira impressionante. Para a Caixa não tem tempo ruim. A Caixa cumpre sua meta, com esforço e envolvimento do nosso pessoal”, afirmou o presidente Jorge Hereda.

Anúncios

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.