Swap ministerial (Painel)

FOLHA DE S. PAULO – SP | PODER

A proximidade de Joaquim Levy com Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central sob Fernando Henrique Cardos –e anunciado por Aécio Neves (PSDB) para a Fazenda caso fosse eleito–, é o principal trunfo do grupo do governo e do PT que quer reverter a ida do executivo para o lugar de Guido Mantega. Aliados de Aloizio Mercadante (Casa Civil), que prefere Alexandre Tombini no comando da economia, passaram a compilar artigos de Levy contra a política econômica.

Cabelos… No momento em que o convite de Dilma a Joaquim Levy vazou, ontem, acontecia uma reunião de economistas e intelectuais do PT, em São Paulo.
… em pé Imediatamente começou o bombardeio ao nome, considerado muito pró-mercado. O mais indignado era Luiz Gonzaga Belluzo, do grupo da Unicamp.
Nostalgia Um ex-ministro de Lula lembra que, em 2006, depois da reeleição, houve primeiro a definição da nova política econômica e, depois, os nomes da equipe foram anunciados, sem recusas, protelação ou polêmica.
Pinte os brancos O adiamento do anúncio da equipe econômica servirá para que Dilma nomeie, no mesmo pacote, os presidentes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do Banco do Brasil.
Na janela Depois de uma longa conversa com Dilma, ontem, Guido Mantega despachava normalmente na Fazenda enquanto Brasília fervia com as negociações para definir seu sucessor no cargo.

Anúncios

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.