Presidente mundial do Santander diz que vai demitir analistas por críticas à Dilma

Demitir o analista por ter feito um bom trabalho? As eleições são sim um dos fundamentos macroecônomicos que devem ser analisados e pesados na decisão de investimento. O analista foi prudente e realista, sem hipocrisia, o texto externa o quê de fato vem ocorrendo no mercado. Deveria ser elogiado e não punido. Hipocrisia pouca é bobagem e mais uma vez, trabalhadores sendo demitidos por conta dos Partidos dos Trabalhadores. Lamentável.

BRASIL ECONÔMICO – SP | FINANÇAS

Botín informou no Rio ontem que já esclareceu o assunto coma presidente e autoridades

O Banco Santander anunciou ontem que vai demitir “todas as pessoas responsáveis pela elaboração e aprovação” do informe encaminhado a seus clientes do segmento Select (40 mil pessoas, com renda acima de R$ 10 mil mensais) na última semana. O documento apontava para o risco de deterioração da economia no caso da reeleição de Dilma Rousseff.

Segundo Botín, a responsabilidade pelo informe não é do Banco, mas de analistas. “Todas as pessoas serão demitidas. ainda está sendo apurado. o extrato foi enviado para 0,18% dos clientes do Banco. É um por-centual muito baixo. , isso não significa que ele deveria ter saído . O informe não deveria emitir opiniões”, informa a assesso-ria de comunicação da instituição. A análise foi impressa na última página do extrato dos clientes, na seção “Você e seu dinheiro” – e orienta os clientes do Santander de que um cenário eleitoral favorável à petista reverterá “parte das altas recentes” na Bolsa.

O anúncio foi feito durante a realização do III Encontro Internacional de Reitores Universia, principal evento de educação do Santander, realizado no Rio de Janeiro. Não foi revelado o número exato de pessoas envolvidas nem o nome dos responsáveis. Na sexta-feira, o Banco já havia emitido uma nota pública oficial de desculpas.

Botín disse ainda que o presidente do Banco no Brasil, Jesús Zabalza, já prestou esclarecimentos às autoridades e à presidente Dilma Rousseff.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse que a desculpa não apaga o fato, que o PT vai decidir se entra na Justiça contra o Banco – e o governo disse que não vai se pronunciar.

Anúncios

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.