Vigorosa, greve cresce no oitavo dia em Brasília

Qui, 26 de Setembro de 2013
greve-26-09-2013

Com mais agências de bancos públicos e privados fechadas no Distrito Federal, a greve nacional da categoria chega vigorosa nesta quinta-feira (26), oitavo dia da paralisação. E a tendência é a ampliação do número de trabalhadores e trabalhadoras que estão de braços cruzados. Na capital federal, o Sindicato vai reforçar os comitês de esclarecimento e intensificar as visitas aos colegas que ainda não aderiram ao movimento, que já é o maior dos últimos anos.

“Nosso movimento, que vem se ampliando a cada dia no DF, será intensificado. Com a disposição e a garra dos bancários e bancárias que já aderiram à greve, realizaremos novas atividades e atos públicos para cobrar responsabilidade dos bancos, que ofereceram apenas a reposição da inflação para nós trabalhadores, que dedicamos parte das nossas vidas para inflar os lucros dessas empresas, que sugam nossa saúde e, quando ficamos doentes, nos demitem”, afirmou a secretária de Imprensa do Sindicato, Talita Régia.

Levantamento da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) baseado em dados dos sindicatos e das federações de todo o país revela que nesta quinta exatas 10.586 agências e centros administrativos ficaram fechados.

“O sucesso da greve depende da participação dos bancários. Quanto mais trabalhadores participarem dos comitês de esclarecimento e aderirem ao movimento, mais chances teremos de arrancar uma proposta com aumento real e avanços nas demais cláusulas da nossa pauta de reivindicações”, frisou o diretor do Sindicato Garcia Rocha.

Comando Nacional dos Bancários divulga nota

Durante reunião realizada em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários divulgou nota oficial reafirmando a decisão de intensificar a greve, manifestando a disposição de negociação e responsabilizando os presidentes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e dos seis maiores bancos pelo fechamento do diálogo com os bancários.

Presidente do Sindicato, Eduardo Araújo participou da reunião do Comando Nacional dos Bancários. Integrante permanente, Araújo representa os trabalhadores de Brasília no grupo formado por dirigentes sindicais de todo o país.

Confira aqui a íntegra da nota.

A luta contra o PL que precariza as relações de trabalho também é sua

Reunidos em São Paulo, representantes dos bancários de todo o país reafirmaram ainda a necessidade de intensificar a mobilização contra o PL 4330, que legaliza a precarização das relações de trabalho e ataca as organizações sindicais, e participar da Jornada Mundial pelo Trabalho Decente, programada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e demais centrais sindicais para 7 de outubro.

Nova assembleia segunda

Ocorrerá nova assembleia para organizar a mobilização nesta segunda-feira (30), na Praça do Cebolão, a partir das 17h30.

Rodrigo Couto
Do Seeb Brasília

Anúncios

Sobre Blog dos Bancários

Bancário
Esse post foi publicado em Noticias. Bookmark o link permanente.